Esses dias fui na loja da Vivo ver o que era esse tal de MultiVivo para poder colocar internet no meu tablet. Pra começar, a atendente disse uma palavra que, se não fosse pela minha atenta esposa, teria passado despercebida: compartilhar. A ideia agora é compartilhar a franquia de internet com o outro dispositivo pela bagatela de 30 reais mensais. Eu logo pensei que era uma estupidez de nível Kiko elevado a Chaves pagar por algo que eu já faço de graça (compartilhar a internet entre meu smartphone e o tablet) e disse que não queria. Aí vieram as excelentes alegações da atendente:

Mas a bateria do celular acaba mais rápido

Ok! Vamos fazer as contas: 30 reais mensais vezes 12 meses por ano costuma dar 360 reais por ano. Uma tremenda bateria portátil de 10800 mAh não sai por mais de 70 reais no DealExtreme (ou qualquer outro site de importabando por aí). Daria pra comprar quatro desses e ainda pagar o frete expresso no DealExtreme.

Bem mais em conta, não é?
Bem mais em conta, não é?

E isso sem contar que, quem tem um smartphone e faz esse tanto de travessuras que eu faço tem sempre uma tomada por perto.

Mas a velocidade usando o chip no tablet é maior do que compartilhando a conexão

Claro que deveria ser! Se eu estou usando uma conexão em dois dispositivos, fatalmente ela será um pouco menor pois, em tese, está em uso nos dois dispositivos.

Só que isso significa um problema ainda maior: se você tiver um chip do MultiVivo no tablet, sua franquia irá sumir mais rápido do que o seu salário. Isso ocorre porque, se você tem dois chips, tem duas vezes mais velocidade no melhor dos casos. Suponha que você tenha 1 MB\s de velocidade em cada chip, sua velocidade total será de 2 MB\s. Se a velocidade aumenta e a franquia permanece inalterada, a franquia será consumida mais rapidamente (não significa que será consumida em metade do tempo). Claro que é possível minimizar isso restringindo os dados em segundo plano e sincronização de dados, mas isso não faz muito sentido pois é praticamente o mesmo que ligar o compartilhamento de internet no smartphone quando precisar usar o tablet (lembrando que o uso de um chip acaba comendo um pouco mais a bateria do tablet).

O veredito você já deve saber (até porque está no título do post): esse MultiVivo para internet é uma merda! Te cobra pelo que você mesmo pode fazer de graça e ainda aumenta sua taxa de consumo de franquia. Fique esperto!